Nigel Mills, o dono de uma réplica da máquina do tempo Delorean do filme De Volta para o Futuro, recebeu uma multa por excesso de velocidade por dirigir a 88 milhas por hora em Essex. Segundo Mills, ele não estava tentando viajar no tempo.

Em De Volta Para o Futuro, Marty McFly usa a máquina inventada por doctor Brown para viajar dos anos 80 de volta para 1955. Para isso, no entanto, o carro precisa chegar a 88 milhas por hora. Mills garantiu que esse não foi seu caso: “Eram onze da manhã em um domingo e a estrada estava completamente vazia”, disse ele em entrevista ao Guardian.

publicidade

Reprodução

Mills, que se considera um entusiasta do automobilismo e fã dos filmes da série, disse ter comprado o veículo por £22.000 (cerca de R$ 95.540) e que só tira ele da garagem “algumas vezes por ano”. “Quando eu saio com ele, algumas pessoas o reconhecem, desaceleram e tiram fotos – motoristas tiram fotos da janela de seus carros ou tentam me filmar, e vem falar comigo em postos de gasolina”, contou.

O motorista, no entanto, conseguiu se livrar de pagar a multa. No Reino Unido, multas de trânsito exigem o comparecimento do motorista diante de um tribunal. Mills se apresentou, mas nenhum dos dois policiais que o multaram estava presente, e por isso o caso foi arquivado. Não se sabe se o carro dele estava equipado com um capacitor de fluxo.