EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Há uma maneira bastante interessante de reaproveitar aquelas suas fitas de NES, o popular Nintendinho, que estão guardadas empoeiradas em algum lugar da sua casa. O canal Howchoo, no YouTube, mostra que é possível transformá-las em um supervideogame capaz de rodar mais de 2 mil jogos.

Para construir o Pi Cart, como foi batizado, o internauta reaproveita a carcaça de plástico dos cartuchos para armazenar um microcomputador Raspberry Pi na versão “Zero”. O modelo é mais compacto que o tradicional e conta com processador single-core de 1 Ghz, 512 MB de memória RAM e entradas USB, micro USB e mini HDMI. Ela custa algo em torno de US$ 5 nos Estados Unidos.

publicidade

Apesar das configurações modestas, a máquina é capaz de rodar tranquilamente jogos antigos de NES, Super Nintendo, Mega Drive, Game Boy, entre outros consoles já ultrapassados e até das máquinas de arcade que fizeram sucesso nas décadas de 1980 e 1990. Os games ficam armazenados em um cartão microSD e rodam por emuladores instalados no sistema operacional RetroPie, disponível para download de forma gratuita.

Reprodução

Apesar de parecer algo simples, o usuário afirma que foi obrigado a comprar alguns adaptadores específicos para fazer o dispositivo funcionar de forma adequada. Você pode usar qualquer tipo de controle no aparelho, desde que ele possa ser encaixado pela entrada USB.

Essa não é a primeira vez que alguém tenta reaproveitar um console antigo para transformá-lo em um supervideogame. Em março, o Olhar Digital noticiou que um brasileiro havia utilizado a mesma técnica, mas dessa vez em um Super Nintendo.

publicidade

O vídeo abaixo explica o método utilizado para a construção. O inventor também disponibilizou um tutorial completo neste link para quem tentar construir o seu próprio Pi Cart.