O WikiLeaks se planeja para divulgar documentos sobre o Google e o sistema eleitoral norte-americano nas próximas semanas. Julian Assange, fundador do WikiLeaks, informou as medidas em um vídeo na manhã de hoje que comemorava o décimo aniversário da organização.

De acordo com Assange, vários documentos serão revelados nas próximas semanas, contendo relatórios sobre comercio de armas, guerra, vigilância e as eleições presidenciais dos Estados Unidos. O conteúdo será divulgado antes das eleições, que ocorrerão em 8 de novembro.

publicidade

Acredita-se que os documentos que serão revelados se assemelhem com os já divulgados anteriormente, como os cerca de 19 mil e-mails de funcionários da Convenção Nacional Democrata, que davam indícios de que a organização favoreceu Clinton sobre o rival Bernie Sanders.

O fundador do WikiLeaks, no entanto, negou as acusações que diziam que a organização focava especialmente em fragilizar a candidatura de Clinton e do Partido Democrata. Em resposta ele disse que sente pena tanto de Hillary Clinton quanto de Donald Trump, pois ambos são pessoas atormentadas por suas ambições.

Via The Verge