EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Apesar de ser uma empresa e, portanto, depender de lucro para se manter, o Google conseguiu agir com bom senso num caso inusitado que aconteceu esta semana. A empresa decidiu perdoar uma dívida de 100 mil euros contraída por um jovem de 12 anos.

O espanhol José Javier tinha como sonho se tornar uma estrela do YouTube e ficar rico e famoso graças aos vídeos publicados na plataforma. Com o apoio de um amigo, Javier, que tem uma banda, chamada Los Salerosos, se inscreveu em um serviço no Google, sem saber que ele era cobrado. “Ele pensava que estava ganhando dinheiro, e não o contrário. Ele queria comprar instrumentos para a banda e coisas do gênero. O amigo lhe disse que se ficassem ricos ele podia comprar uma mansão”, explica Inma Quesada, mãe do garoto.

publicidade

Os vídeos das apresentações do grupo, no YouTube, contavam com anúncios cobrados pelo Google. A conta foi acumulando desde agosto, chegando, em setembro a 100 mil euros.

Em pouco tempo, a conta ficou no vermelho e a dívida cresceu. Pai e mãe de Javier, vendedor ambulante e desempregada, respectivamente, juntaram os recibos e levaram o caso ao Google, com a ajuda de um advogado.

De acordo com a mãe do garoto, ele parece não ter percebido a gravidade do que fez. Ela afirma que não sabe como seu filho conseguiu gerar todas essas dívidas em menos de um mês, ainda mais porque ele estava de castigo durante um tempo, sem computador. A descoberta da contratação do serviço foi feita por um técnico de informática que analisou o PC do garoto.

O Google, por sua vez, decidiu cancelar a dívida de 100 mil euros. “Analisamos este caso e não recebemos nenhum dinheiro da parte do usuário. Vamos cancelar o saldo pendente no AdWords. Vários serviços online, inclusive o Google AdWords, possuem restrições de seu uso conforme a idade. Sabemos da importância de se manter o entorno da família seguro na Internet, por isso os pais podem encontrar informações sobre como fazê-lo no Centro de Segurança Familiar do Google”.

publicidade