Os novos smartphones da Apple, o iPhone 7 e o iPhone 7 Plus, salvaram as vendas da empresa. Isso porque os resultados do quarto trimestre serão sustentados pela alta demanda inicial do iPhone 7.

Segundo analistas, o lançamento do aparelho ajudou a frear a queda nas vendas. De acordo com estimativas de Wall Street, além de o novo iPhone ter sido o mais vendido do mês de setembro, a Apple provavelmente vendeu 45 milhões de unidades de todos os tipos de iPhones no mesmo período.

publicidade

Ainda assim, os analistas de mercado veem essa recuperação como algo de curto prazo. Primeiro porque a Apple está brigando contra um aumento da concorrência com alternativas mais baratas, especialmente na China, e ainda precisa driblar a saturação dos mercados em todo o mundo.

Outros já consideram o iPhone 7 como uma medida paliativa, quando se considera que no ano que vem o modelo completa 10 anos e a expectativa é de que a empresa apresente grandes mudanças.

Vale lembrar também que os novos modelos foram lançados uma semana antes que os calendários dos anos anteriores e que um dos grandes concorrentes, o Galaxy Note 7, precisou ser retirado do mercado por problemas de superaquecimento e risco de explosões.

Via Bloomberg