A Apple obteve o registro de uma patente para o desenvolvimento de um iPhone dobrável. A companhia deu entrada no documento em 2014 e só agora conseguiu finalizar o processo.

Esta não é a primeira patente relacionada a dispositivos dobráveis que a Apple registra, uma demonstração de que a marca tem mantido interesse no assunto.

publicidade

Duas coisas chamam a atenção neste documento, que foi revelado pelo Patently Apple e repercutido pelo PhoneArena. Primeiro o fato de que pela primeira vez a Apple especificou que o dispositivo em questão é um iPhone, e não algo genérico.

Além disso, embora cite que tal iPhone pode ser feito com uma combinação de materiais como cerâmica, vidro, fibra, alumínio e plástico, a Apple deixa claro que a característica dobrável será possível graças a nanotubos de carbono. Eles podem, segundo explica a patente, “formar passagens de sinal que são flexíveis e resistentes a rachaduras”.

É importante ressaltar que a obtenção de uma patente não significa que o próximo iPhone será dobrável, apenas evidencia que a Apple tem interesse em explorar essa possibilidade.