EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Mais problemas para o Facebook. Nesta quarta-feira, 23, Simon Milner, diretor de políticas da rede social, depôs em uma comissão parlamentar no Reino Unido para explicar como a empresa lida com crianças menores de 13 anos se inscrevendo no serviço, o que é proibido pelos termos de uso.

De acordo com o comitê que liderava a sessão, há crianças de oito anos que já possuem perfis no Facebook. O executivo fez questão de explicar que a empresa trabalha duro para que os usuários saibam que a restrição de idade existe, mas que muitos pais permitem e até inscrevem seus filhos com pouca idade na plataforma.

publicidade

“Muitas vezes eles ajudaram seus filhos a entrar no Facebook. Para nós, é muito difícil saber que a pessoa não tem a idade que ela diz que tem. Não encontramos solução quando milhões de pais estão tomando essa decisão”, explicou o diretor de políticas da rede social.

Milner também sugeriu que os pais deem o exemplo aos filhos, cumprindo as regras que estipulam para eles. Mas explicou que o Facebook não pretende dizer às pessoas o que fazer. “Quem somos nós para dizer aos pais como educar seus filhos?”, declarou. O executivo detalhou ainda que a empresa trabalha com “centenas de especialistas em segurança e outras organizações” para manter seus usuários seguros, principalmente aqueles que possuem menos de 18 anos.

Via The Guardian

publicidade