O futuro promete ser wireless, pelo menos em termos de fones de ouvido e carregamento de smartphones. Mas os cabos elétricos presentes dentro dos dispositivos eletrônicos dificilmente deixarão de existir, mas poderão ser reduzidos para tamanhos microscópicos

Isso pelo motivo de que cientistas da Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, estão trabalhando em formas de criar cabos minúsculos que medem o mesmo que três átomos. A imagem abaixo, aumentada em 10 mil vezes, dá uma ideia do tamanho dos componentes.

publicidade

Reprodução

Para isso, os pesquisadores usaram pequenas partes de diamantes. Com isso, os cabos são capazes de conduzir eletricidade sem que exista a perda da energia e sem ocupar grande espaço do dispositivo no qual estão instalados. Além disso, os cabos “se juntam” como se fossem peças de lego graças a uma mistura de átomos de enxofre com ions de cobre.

Se isso já parece algo inacreditável, a melhor parte é que o processo é extremamente rápido. A produção de um fio leva apenas 30 minutos.

Qual a utilidade?

Além de reduzir o tamanho dos dispositivos, os cabos abrem alas para uma série de experimentos que englobam até mesmo a produção de dispositivos vestíveis mais modernos e com propriedades elétricas muito mais potentes.

Via Engadget