EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Nathan Drake até pode aparecer em “The Lost Legacy”, mas, se isso acontecer, a estrela da franquia “Uncharted” será retratada como uma espécie de “tiozão”. Essa informação partiu de Kurt Margenau e Josh Scherr, respectivamente, diretor e roteirista da DLC, que será lançada até o final deste ano.

“Nós brincamos com algumas ideias possíveis como incluir Nate como um personagem secundário. Mas tudo o que fizemos soava superficial porque nós amarramos tudo com ‘Uncharted 4′”, disse Scherr ao PlayStation Blog. Margenau foi ainda mais direto: “Não vamos tocar em Nathan Drake nisso de jeito nenhum.”

publicidade

“The Lost Legacy” contará uma história que ocorre de seis a 12 meses após os eventos de “A Thief’s End”. Então, embora a DLC seja protagonizada por Chloe Frazer (que terá a companhia de Nadine Ross, uma das vilãs em “Uncharted 4”), é difícil imaginar que a Naughty Dog terá coragem de ignorar completamente a presença de Nathan Drake. Talvez por isso os desenvolvedores deram a entender que ele pode, sim, dar as caras, mas em uma homenagem.

“Você pode meio que imaginar Drake sentado no sofá jogando ‘Crash Bandicoot’ enquanto Chloe e Nadine estão lá fora perambulando”, brincou Scherr, fazendo referência a um trecho de “Uncharted 4” que mostra o herói disputando partidas com a esposa, Elena Fisher. “Sim, a remasterização de ‘Crash Bandicoot'”, completou Margenau.

O PlayStation Blog ressaltou que “The Lost Legacy” será uma DLC maior do que foi “Left Behind”, que faz parte do universo “The Last of Us”. Ainda assim, o título será menor do que “Uncharted 4”.

publicidade

A aventura se passará na Índia, onde a dupla Chloe-Nadine estará buscando um artefato. E a DLC terá novas mecânicas, como arrombamento de cadeados, e também trará novas possibilidades de exploração — haverá vários caminhos e ficará a cargo do jogador decidir entre combater ou evitar inimigos que encontrarem.