EnglishPortugueseSpanish
publicidade

O prejuízo de grandes empresas do mundo com um único incidente de segurança virtual chega a US$ 860 mil, cerca de R$ 2,6 milhões. A informação vem de pesquisa feita pela empresa de segurança digital Kaspersky, com base em dados obtidos no ano passado. As pequenas empresas, por sua vez, gastam até US$ 86 mil, cerca de R$ 270 mil.

O estudo mostra também que, dependendo do tempo que o problema leva para ser descoberto, os valores podem aumentar. As pequenas e médias empresas, que nem sempre estão atentas à segurança virtual, podem pagar até 44% mais para se recuperar de um ataque descoberto uma semana ou mais depois da violação inicial do que nos ataques detectados em um dia.

publicidade

“A pesquisa mostra que o tempo de reação depois de uma violação tem impacto direto sobre os prejuízos financeiros. O aumento de orçamento não é solução para isso. É preciso habilidade, informações e uma postura ágil em relação à proteção dos negócios. Sendo um fornecedor de segurança, nossa meta é fornecer ferramentas e informações para empresas de todos os tamanhos, considerando sempre as diferenças de possibilidade de alocação dos orçamentos de segurança”, explica Vladimir Zapolyansky, chefe de marketing para PMEs da Kaspersky Lab.

Como foi feito o cálculo?

Para chegar ao custo das empresas com esses incidentes, o estudo solicitou que elas informassem os prejuízos decorrentes dos incidentes de segurança mais graves de diversas categorias. De acordo com a Kaspersky, o custo mais frequente é o de pagamento de equipes adicionais, mas também há prejuízo causado pela perda de oportunidades de negócios, aprimoramento na segurança de TI e contratação de novos funcionários ou especialistas externos.

publicidade