EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Um estudo divulgado nesta semana pela empresa de estatísticas Verto revelou que o Apple Music, serviço de música por streaming da criadora do iPhone, finalmente está vencendo o Spotify em pelo menos um fator: número de usuários únicos por mês nos Estados Unidos.

Segundo o estudo, pouco mais de 40 milhões de pessoas usam o Apple Music pelo menos uma vez por mês nos EUA. Já o Spotify, serviço de música por streaming que tem o maior número de assinantes do mundo, tem “apenas” 30 milhões de usuários únicos por mês por lá.

publicidade

No ranking geral, o Spotify ficou em terceiro lugar, perdendo até para o Pandora, serviço concorrente que tem 32 milhões de usuários únicos mensais. A plataforma, porém, só está disponível em três países: além dos EUA, também Austrália e Nova Zelândia.

Esta é apenas uma métrica que empresas de streaming podem usar para mensurar seu sucesso. O Spotify, por exemplo, continua ganhando em número de usuários pagantes (50 milhões em todo o mundo, não só nos EUA), o que, normalmente, significa maior sucesso financeiro.

Ainda assim, ter 50 milhões de assinantes e mais de 100 milhões de usuários no total (incluindo os que não pagam) não é garantia de que todas essas pessoas abrem o aplicativo todo mês. É comum encontrar pessoas que assinam um serviço de streaming, como o Spotify ou mesmo a Netflix, e que raramente fazem uso dele.

É o que indica o estudo da Verto. Um analista da empresa ouvido pelo site TechCrunch diz que as vantagens da Apple em número de usuários únicos por mês são o segredo: o Apple Music vem pré-instalado nos iPhones, que são os smartphones mais vendidos do mundo. Além disso, os primeiros três meses de assinatura são gratuitos, o que impulsiona as pessoas a gastar esse período de testes com maior “intensidade”.

publicidade

O estudo da Verto foi conduzido durante o mês de fevereiro com mais de 20 mil pessoas.

[TechCrunch]