Uma pesquisa realizada a pedido da operadora dos Estados Unidos T-Mobile mostra que, ao contrário do que muita gente acredita, os dispositivos móveis não são responsáveis por separar as pessoas e famílias e sim por uni-las.

De acordo o estudo, 70% dos pais entrevistados afirmaram que a tecnologia permitiu que eles se aproximassem de seus filhos, seja via e-mail, mensagem de texto, ligações e redes sociais. 48% afirmaram que se comunicam uns com os outros em conversas e grupos. A rede social favorita dos pais é o Facebook, escolha de 54% dos entrevistados. Aparecem na lista também o Instagram e o Snapchat, com 22% e 23%, respectivamente.

publicidade

De acordo com o estudo, que entrevistou 1.014 pessoas, os pais monitoram mais seus filhos do que as mães. Outra descoberta interessante é que 70% deles usam o celular para tirar fotos de seus filhos.

Apesar de a pesquisa ter sido encomendada por uma operadora de telefonia móvel, é importante analisar os aspectos e detalhes exibidos com as respostas. Para os pais, mesmo longe de seus filhos, a comunicação existe, muitas vezes em tempo real, o que ajuda a saber o que estão fazendo e evitar problemas de desencontros, por exemplo, além de reduzir a preocupação. 

[Ubergizmo]