A Snap, dona do Snapchat, divulgou nesta quinta-feira, 11, seus resultados trimestrais, pela primeira vez como empresa pública. Os dados mostram que a companhia está sofrendo com a concorrência do Facebook, que adicionou recursos parecidos com os do Snapchat em praticamente todas as suas redes sociais.

O crescimento no número de usuários ativos por dia no início de 2017 foi de apenas 8 milhões, somando os 166 milhões, bem menos do que os 200 milhões de usuários que o Instagram possui. O crescimento foi de 5% em relação ao trimestre anterior e de 36% em relação a 2016.

publicidade

Os lucros e receitas da Snap ficaram muito abaixo das expectativas de analistas. A estimativa era de que a empresa gerasse US$ 158 milhões, mas o valor atingido foi de US$ 149,6 milhões. As perdas da empresa ficaram em US$ 2,2 bilhões, valor obtido, principalmente, pela compensação de ações de empregados – o que não deve acontecer no próximo trimestre.

Com as informações, as ações da Snap caíram quase 25%.

O desafio da companhia agora é mostrar aos investidores que pode crescer e conquistar mais usuários, mesmo com as fortes investidas de Zuckerberg. Questionado se estava preocupado com a concorrência do Facebook, Evan Spiegel, CEO da Snap, respondeu com humor. “Só porque o Yahoo tem uma caixa de pesquisas não significa que ele é o Google”, declarou.

[Buzzfeed]