Produzida originalmente em 1950, a Kombi, da Volkswagen, está prestes a ganhar uma versão “futurista”. A montadora alemã confirmou que vai dar início à produção da I.D. Buzz, uma Kombi movida a eletricidade, apresentada como um conceito em janeiro.

Quando mostrou o veículo pela primeira vez, numa feira realizada nos EUA no começo deste ano, a Volkswagen disse que não tinha interesse em vendê-lo. Mas, aparentemente, a empresa mudou de ideia. O I.D. Buzz é uma clara homenagem à clássica versão da Kombi, mas ainda não teve seu preço revelado.

publicidade

Os detalhes técnicos sobre o novo carro não foram divulgados pela Volkswagen, que se limitou a dizer que o modelo começará a ser vendido em 2022. O conceito apresentado em janeiro, porém, se destaca por acomodar as baterias no assoalho, o que libera mais espaço interno para os passageiros.

No conceito da I.D. Buzz, os dois motores elétricos (um em cada eixo) produziriam 374 cavalos de potência, capazes de levar o veículo de zero a cem quilômetros por hora em cinco segundos. A aceleração máxima do modelo era calculada em 160 quilômetros por hora.

Além disso, o conceito da Kombi futurista usava um sistema de condução autônoma – ou seja, o carro seria capaz de se dirigir sozinho, sem precisar de motorista. A Volkswagen não deu detalhes a esse respeito, mas tudo indica que que o I.D. Buzz que será vendido em 2022 ainda não vai contar com essa tecnologia.