A Apple começou a liberar o iOS 11 nesta terça-feira, 19, para os iPhones, iPads e iPods, além dos sistemas operacionais watchOS 4 e tvOS 11. No entanto, antes de fazer a atualização, os usuários precisam estar atentos a alguns detalhes para não terem problemas. Confira:

Aparelhos
O novo iOS, assim como os sistemas antigos da empresa, não é compatível com todos os aparelhos da marca, o que significa que alguns modelos não irão receber a atualização. Além disso, modelos mais antigos, como o iPhone 5s e o SE podem apresentar falhas durante a atualização.

publicidade

Veja abaixo os aparelhos compatíveis:  

Reprodução

Backup
Para evitar perder arquivos importantes, é recomendado que o usuário faça uma cópia de fotos, vídeos e documentos. Neste caso, a própria Apple oferece uma ferramenta de backup através do iCloud.

  1. Entre em “Ajustes” e toque no seu nome para acessar o iCloud;
  2. Desça a tela até encontrar “Backup do iCloud” e toque em “Efetuar Backup Agora”.

    Reprodução

Armazenamento
O iOS 11 demanda 1,9 GB de espaço para ser baixado e executado. Por isso, verifique se o seu dispositivo tem esse espaço sobrando. Se não tiver, talvez seja necessário apagar aplicativos ou arquivos.

Aplicativos
O novo sistema operacional da Apple não irá rodar aplicativos de 32 bits, somente de 64 bits. Os aplicativos que não forem atualizados pelo desenvolvedor deixarão de funcionar assim que o sistema operacional for atualizado.
Para saber se alguns de seus aplicativos irá parar de rodar, faça o seguinte:

  1. Vá em “Ajustes” e depois em “Geral”;
  2. Abra a opção “Sobre” e procure por “Aplicativos”;

    Reprodução

  3. Vai aparecer o número de aplicativos instalados em seu celular, caso ele tenha uma setinha ao lado deste número, significa que você possui aplicativos de 32 bits; basta tocar na seta para saber quais são.