EnglishPortugueseSpanish

iOS 11: veja o que há de novo na mais recente atualização do iPhone

Redação 22 de setembro de 2017
publicidade

Usuários de iPhone e iPad receberam no último dia 19 o iOS 11, nova versão do sistema operacional móvel da Apple. O update trouxe uma série de novidades para o iPhone, começando pela tela de bloqueio. Ao ligar o celular e deslizar para cima, é possível ver todas as últimas notificações do sistema sem precisar desbloquear o aparelho.

A principal novidade está na Central de Controle. Um deslize para cima abre o novo painel de configurações do iOS, cheio de novos ícones e funções inéditas no sistema. Agora, todas as informações ficam em uma só página, que pode ser customizada no aplicativo de Ajustes.

publicidade

Entre as novas funções da Central de Controle está o gravador de tela nativo da Apple. Basta tocar no ícone de um gravador para começar a registrar tudo o que acontece no display. Os vídeos ficam salvos no app de Fotos do celular. Tudo isso sem precisar de um app de terceiros que poderia prejudicar o desempenho do smartphone.

Outro recurso disponível na nova Central de Controle é um modo “não perturne”, que interrompe notificações enquanto o usuário está dirigindo. Usando o GPS e o acelerômetro do iPhone, o sistema identifica quando o usuário está na direção de um carro e interrompe todas as chamadas, mensagens ou qualquer outra notificação. Tudo para impedir que distrações atrapalhem a condução do veículo.

A loja de aplicativos do iOS também está de cara nova. Ao abrir a App Store, dá para ver uma nova seção de início com artigos e aplicativos em destaque. Por fim, o iOS 11 tem um novo aplicativo pré-instalado chamado Arquivos, que permite acesso rápido às principais pastas do sistema.

Uma das principais novidades do iOS 11, porém, está disponível só para os desenvolvedores. Trata-se do ARKit, um conjunto de códigos que permite que aplicativos tirem proveito dos sensores do iPhone para criar experiências de realidade aumentada. É a aposta da Apple para o futuro da tecnologia móvel.

publicidade