EnglishPortugueseSpanish
publicidade

A Microsoft não contará com o selo de recomendação da Consumer Reports para seu mais novo computador. A entidade deixou de apoiar a linha Surface há dois meses e declarou recentemente que não vai mudar de ideia em decorrência do lançamento do Surface Book 2.

A revelação foi feita pelo porta-voz James McQueen, que, ao ser questionado pelo site Benzinga, declarou:

publicidade

“Vamos avaliar a performance do Surface Book 2 assim que o tivermos em nosso laboratório no mês que vem para teste, mas não seremos capazes de recomendá-lo. Nossa decisão de tirar nossa recomendação a todos os laptops e tablets da Microsoft ainda está em efeito.”

Em agosto, quando revogou o selo, a Consumer Reports disse que conversou com 90 mil donos de computadores da Microsoft e, com base no que ouviu, entendeu que um quarto deles enfrentou problemas antes do segundo ano de vida do aparelho. Coisas como congelamentos e desligamentos inesperados ou falhas na tela sensível ao toque dos Surfaces.

Com a taxa alta de falhas, a organização não considera mais a linha de hardware da Microsoft “recomendável”, e sim “significativamente menos confiável do que a maioria das outras marcas”.

A Microsoft mais tarde respondeu classificando o levantamento da Consumer Reports como “decepcionante” e disse que discorda dos resultados, embora “respeite” a instituição.

publicidade