EnglishPortugueseSpanish
publicidade

A Apple superou todas as previsões pessimistas sobre os seus resultados no terceiro trimestre de 2017, segundo relatório divulgado nesta quinta-feira, 2. A empresa fechou o período com receita de US$ 52,6 bilhões (cerca de R$ 172 bilhões), superando o ano anterior em 12%. Além disso, todas as áreas da companhia cresceram no período, o que deixou a Apple mais perto de ser a primeira empresa com valor de mercado de US$ 1 trilhão.

A grande expectativa em relação ao relatório da Apple estava nas vendas de iPhone, que chegaram a 46,7 milhões de unidades contra 45,5 milhões em relação ao ano passado. A previsão do mercado financeiro era de 46 milhões de unidades, com um ritmo mais fraco graças ao fato de o iPhone 8 e o 8 Plus terem sido ofuscados pelo iPhone X, que não entra nessa conta. Apesar da conta positiva, a Apple não detalhou o número de vendas por modelo do smartphone.

publicidade

Outra área que cresceu foi a de computadores Mac, que alcançou 5,4 milhões de unidades contra 4,9 milhões em relação ao ano anterior. E até o iPad, que acumulava trimestres de queda consecutivos, cresceu de 9,3 milhões de unidades para 10,3 milhões de unidades em 2017. Já a área de serviços, que inclui o Apple Music e o iCloud, cresceu 34%, enquanto os demais setores da empresa aumentaram juntos 36%.

O período analisado pela Apple compreendeu os meses de julho a setembro, o que pega apenas o lançamento dos iPhones 8 e 8 Plus, Apple TV 4K e Apple Watch Series 3. A empresa teve receita de US$ 52,6 bilhões (cerca de R$ 172 bilhões) e um lucro de 10,7 bilhões (R$ 35 bilhões). Para o próximo trimestre, a Apple espera vendas entre US$ 84 bilhões e US$ 87 bilhões (R$ 284 bilhões) por conta da chegada de produtos como o iPhone X, o HomePod e o iMac Pro.

Próximo ao US$ 1 trilhão

Reprodução

publicidade

Com as notícias positivas vindas de Cupertino, as ações da Apple dispararam logo em seguida, conforme publicou o Mashable. Às 18h43 desta quinta-feira, 2, os papéis da companhia se valorizavam 3,13% na bolsa de valores. Com isso, o valor de mercado da fabricante de iPhone chegou a US$ 900 bilhões (R$ 2,9 trilhões), colocando a Apple ainda mais próximo de ser a primeira empresa trilionária do planeta.

Como dito anteriormente, a expectativa é de resultados ainda melhores nos próximos três meses, especialmente com o lançamento do iPhone X nesta sexta-feira, 3. Caso a recepção dos novos produtos seja tão boa quanto o esperado, a tendência é que a Apple alcance a marca facilmente em breve.