EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Uma das grandes novidades do iPhone X é sua tela OLED e, aparentemente, a aposta da Apple se justifica muito bem. Segundo testes da DisplayMate, empresa especializada em testes aprofundados de tela, o modelo tem a melhor tela já registrada em um smartphone.

A avaliação colocou em análise vários critérios, como precisão de cores, brilho, contraste, reflexo de tela, ângulos de visão e mergulhou em recursos como o TrueTone, o Night Shift e o HDR para analisar todos os detalhes que definem como os pixels se apresentam aos olhos do usuário.

publicidade

O interessante é notar que a análise, que deu nota A+ para o display do iPhone X, colocou o aparelho acima do Galaxy Note 8. A particularidade nesse detalhe é que o iPhone X utiliza painéis OLED produzidos pela própria Samsung, e ainda assim o celular da Apple fica à frente do modelo da coreana.

Essa diferença se dá pela calibragem do display. As telas da Samsung são conhecidas pela alta qualidade, mas a empresa configura os painéis de seus celulares para exibir cores bastante saturadas, que acabam agradando o usuário final, mas geram distorções nas tonalidades. O iPhone X, por sua vez, foi calibrado para exibir cores mais próximas da realidade, o que tende a se sobressair em uma análise mais técnica.

A análise colocou a tela do iPhone X como “visualmente indistinguível do perfeito” em relação a precisão das cores, acima de qualquer outra tela já analisada pelo DisplayMate (incluindo celulares, tablets, TVs, monitores), com uma pontuação de 0,9 JNCD. Outros pontos em que o modelo superou a concorrência incluem o brilho da tela, o contraste e a menor reflectância.

No entanto, vale também observar que o iPhone X se mostrou bastante frágil em vários testes de resistência, de modo que essa supertela pode não durar muito. Também é importante saber que os custos de reparo da tela do iPhone X são altíssimos.

publicidade