EnglishPortugueseSpanish

O Google pode estar de olho nos aplicativos do iOS para o seu novo sistema operacional: o Fuchsia. De acordo com descobertas recentes no código da plataforma, a empresa está trabalhando no suporte da linguagem de programação da Apple, o Swift, para o possível substituto do Android e Chrome OS. A compatibilidade poderia tornar o novo sistema mais atrativo para desenvolvedores.

Para quem não conhece, o Swift é uma linguagem de programação criada pela Apple para a criação de apps para os produtos da empresa. Entre eles, estão o iOS (iPhone e iPad), macOS (computadores), tvOS (Apple TV) e watchOS (Apple Watch). A linguagem, que tem código aberto, também pode ser usada para criar programas para o Linux.

publicidade

A intenções do Google foram descobertas após um empregado da empresa abrir uma requisição no repositório do Swift no Github para que o Fuchsia fosse adicionado ao compilador da linguagem. Além do padrão criado pela Apple, o novo sistema do Google terá suporte a aplicativos escritos em Dart, uma linguagem própria da gigante de buscas.

Diferentemente do Android e do Chrome OS, o Fuchsia OS deve rodar sobre um kernel batizado de Magenta ao invés do Linux. No entanto, ainda não se sabe quais os planos do Google para a plataforma e se essa vai substituir os atuais sistemas de telefones e computadores ou se será usada em produtos como Chromecast, Google Home, entre outros. De qualquer forma, o suporte ao Swift tende a facilitar a criação de apps para o novo sistema, conforme publicou o Android Police.