EnglishPortugueseSpanish

O Paratii é uma plataforma brasileira rival do YouTube que pretende mudar a forma como os vídeos são monetizados e distribuídos na Internet. De acordo com os criadores, o conteúdo do site é armazenado de forma descentralizada, ou seja, sem que haja um grande servidor responsável pela hospedagem. Além disso, todo pagamento do site é destinado para os criadores e é feito com a moeda virtual Ethereum.

No geral, o Paratii tem dois grandes diferenciais. O primeiro é que a plataforma é descentralizada e o conteúdo é transmitido a partir do computador dos usuários em uma rede peer-to-peer, a mesma usada em programas de torrent, usando tecnologia de blockchain. Ou seja, os próprios espectadores do vídeo vão ajudar na sua disseminação para outros usuários.

publicidade

Já a segunda é que o Paratii vai remunerar os criadores de conteúdo através com a criptomoeda Ethereum. Além disso, todo o pagamento será destinado para quem postou os vídeos, sem intermediários. No YouTube, por exemplo, a monetização é feita através da publicidade vendida pelo Google, que fica com uma parcela dos lucros e repassa a outra parte para o criador.

O Parati já estar no ar, de forma experimental, com alguns vídeos disponíveis para os internautas assistir. Além disso, a plataforma já está recebendo inscrições de pessoas interessadas em postar conteúdo. Na versão final, os criadores poderão escolher se as suas gravações serão disponibilizadas gratuitamente, se haverá anúncios ou se cobrarão assinatura dos usuários.

De acordo com a publicação da revista Época, o site será mantido por meio de uma fundação sem fins lucrativos, que deterá uma parte das moedas emitidas na rede. No entanto, os criadores ainda analisam outras fontes de renda, como prestação de serviço para empresas.

publicidade