O governo sul-coreano começou a regulamentar as negociações de criptomoedas no país. Conforme relata o Motherboard, as pessoas que quiserem comprar ou vender bitcoins ou outras moedas virtuais deverão passar em um banco do país. O objetivo é evitar a negociação anônima de criptomoedas.

Além disso, as contas de negociação existentes e que não estão vinculadas a uma instituição financeira serão banidas e as trocas serão forçadas a compartilhar dados de transações com os bancos. As mudanças, anunciadas na última terça-feira, 23, pela Comissão de Serviços Financeiros da Coréia do Sul entram em vigor no dia 30 de janeiro.

publicidade

O governo sul-coreano ainda anunciou que pretende tributar os lucros das negociações de criptomoedas em até 24% ao longo deste ano, sendo que a expectativa é de que a Bithumb, uma das maiores bolsas no país, deverá pagar US$ 60 milhões em impostos.