EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Pesquisadores já tentam usar a inteligência artificial para ajudar na prevenção e diagnóstico de doenças há algum tempo, e agora cientistas chineses dizem ter conseguido uma máquina que consegue detectar câncer de próstata tão bem quanto um médico especializado.

Os cientistas chineses querem desenvolver uma inteligência artificial que consiga compensar a falta de médicos especializados para automatizar ao menos em partes o processo de diagnóstico do câncer de próstata.

publicidade

As máquinas podem ajudar em parte do processo, mas não devem substituir completamente médicos, segundo o cientista Hongqian Guo, um dos pesquisadores envolvidos no estudo. “Ainda precisamos de patologistas experientes para tomar a responsabilidade pelo diagnóstico final”. A inteligência artificial pode ajudar a acelerar o processo de analisar o paciente para detectar a doença.

Em testes realizados pelos pesquisadores, a inteligência artificial conseguiu diagnosticar com precisão 99,38% dos casos. Os pesquisadores apresentaram detalhes do sistema de inteligência artificial durante um congresso europeu de urologia realizado em Copenhague, na Dinamarca.