O escândalo da Cambridge Analytica ainda está gerando mudanças dentro do Facebook e dos outros apps vinculados à empresa. O Instagram começou a limitar a coleta de dados de aplicativos de terceiros que usam a API do serviço de compartilhamento de imagens, o que irritou alguns desenvolvedores.

A limitação da coleta de dados veio a partir de uma mudança na Platform API do Instagram. Aplicativos de terceiros podem fazer usar a API em quantidade limitada em determinado intervalo de tempo. Até a última sexta-feira, 30, o limite era de 5.000 chamados por usuário por hora – agora, ele caiu para 200 por usuário por hora.

publicidade

Na prática, a mudança faz com que os desenvolvedores demorem mais para conseguir coletar mais dados dos usuários. Isso prejudicou o funcionamento de aplicativos de terceiros que ajudam principalmente no uso do Instagram por marcas e precisam de acesso constante a informações sobre interação de seguidores e outras coisas.

No StackOverflow, desenvolvedores reclamam que as mudanças foram feitas sem nenhum aviso prévio, e um anúncio por parte do Facebook minimizaria transtornos que usuários tiveram quando ferramentas começaram a apresentar problemas.

No começo do ano, o Instagram anunciou planos para proteger dados de usuários de aplicativos de terceiros, incluindo a desativação da API em questão, que estava marcada para 2020.