As mudanças que o Facebook vêm fazendo em suas APIs afetaram aplicativos que usam ferramentas criadas pela rede social. É o caso do Tinder, que deixou de funcionar para alguns usuários após as alterações do Facebook.

Na quarta-feira, 4, o Facebook anunciou uma série de mudanças em suas APIs que restringiam o acesso de desenvolvedores a informações sobre usuários. Uma das APIs alteradas foi a relacionada ao Facebook Login, ferramenta que usa a conta da rede social como credencial para sites externos.

publicidade

O Tinder funciona a partir da conta do Facebook e também tem uma opção de login por meio do número do telefone celular. Neste caso, o processo de realização de login usa tecnologia do Facebook para o envio do SMS de validação. Com as mudanças feitas na API do Facebook Login, o Tinder parou de funcionar – usuários não conseguiam fazer login no aplicativo.

No Twitter, usuários relataram um erro que encontram ao tentar acessar o Tinder. A mensagem dizia que o Tinder exigia permissões adicionais do Facebook para funcionar. Quando o usuário tentava fornecer as permissões extras, era levado de volta para a mesma mensagem.

O Tinder confirmou o problema no Twitter e disse que uma falha técnica estava impedindo que usuários acessassem o serviço. Ao The Verge, o Facebook confirmou que era consequência das alterações anunciadas pela rede social e que estava trabalhando com o Tinder para solucionar a questão. Durante a noite de quarta-feira, o aplicativo voltou a funcionar normalmente.

-> Tinder: história, dicas e principais recursos do app de encontros