EnglishPortugueseSpanish
publicidade

A Apple, junto com a sua tradicional parceira TSMC, deu início à produção dos processadores que devem equipar os novos iPhones. Pelo menos é isso que garante a Bloomberg, que ouviu a informação de fontes próximas ao assunto. O chip, que deve levar o nome de A12, pode ser o primeiro do mercado preparado seguindo um processo de fabricação de 7 nanômetros.

A medida marca uma evolução em comparação à geração anterior de smartphones da marca, que usa processadores de 10 nm. O número se refere à distância entre transistores na peça, e uma redução costuma indicar uma melhora na velocidade e na eficiência do chip.

publicidade

Samsung e Qualcomm haviam anunciado uma parceria em fevereiro deste ano para usar essa mesma tecnologia e ampliar a produção de novos Snapdragons — e também da provável próxima geração de peças a equipar os smartphones da marca coreana. A marca disse à mesma Bloomberg, ontem, que deve iniciar a fabricação ainda neste ano. A Intel, outro grande nome no mercado de processadores, lançou na última semana seu primeiro i3 de 10 nm.

O próximo iPhone ainda não tem nome e nem data de lançamento definidos. É provável, porém, que a Apple mantenha a tradição dos últimos anos e faça o anúncio em setembro.