EnglishPortugueseSpanish
publicidade

O Departamento de Justiça dos Estados Unidos está estudando a possibilidade da cotação da bitcoin e de outras criptomoedas terem sido manipuladas.

Segundo reportagem da Bloomberg, as investigações ainda estão no começo. A suspeita é que práticas como spoofing, que consiste na realização de diversos pedidos falsos que depois são cancelados para manipular outras pessoas a comprarem uma moeda específica, ou então as vendas falsas para sugerir uma demanda de mercado maior que a existente, tenham sido feitas para inflar artificialmente o valor de criptomoedas.

publicidade

Essas práticas fraudulentas existem há bastante tempo no mercado financeiro mas costumam ser combatidas por órgãos reguladores. Como as criptomoedas são descentralizadas e não possuem nenhum tipo de regulamentação, os investigadores norte-americanos suspeitam que elas possam ter sido usadas para dar nova vida a velhos golpes.

A bitcoin tiveram uma valorização impressionante durante 2017 e chegou a valer mais de US$ 19 mil em certos períodos. Atualmente, a mais conhecida das moedas virtuais é cotada em US$ 7,5 mil – o valor despencou principalmente após ameaças de regulamentação por parte de governos.