EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Contratada pela Apple para montar e produzir seus iPhones, a Foxconn vai estender seus serviços também ao Google. As informações vêm da Bloomberg, que as ouviu de fontes próximas ao assunto. A empresa dona do Android deve pagar para a fabricante trabalhar tanto no Pixel 3 quanto no Pixel 3 XL, que devem ser anunciados ainda neste ano, em um evento tradicionalmente realizado em outubro.

Os dois dispositivos deverão contar com processador Snapdragon 845, como já previsto em outros vazamentos de informações. No entanto, enquanto o Pixel 3 será bastante parecido com o Pixel 2, sua versão XL terá tela sem bordas e com um entalhe na parte superior — o “notch” que ganhou popularidade com o iPhone X e virou tendência entre as empresas que fazem smartphones. A “franja” deverá comportar um par de lentes, segundo a reportagem.

publicidade

A ideia do Google com a terceira geração do Pixel é, de acordo com a Bloomberg, aumentar a receita gerada pelo produto, já que a divisão de hardware é bem vista pela empresa. A linha recebe elogios desde que sua primeira versão chegou ao mercado, mas a companhia não conseguiu transformá-la em um sucesso de vendas. Para efeito de comparação, enquanto a Apple registrou 216 milhões de iPhones entregues em 2017, os Pixels não passaram das 4 milhões de unidades, segundo o IDC.

O Pixel 3 e o Pixel 3 XL ainda não têm data de lançamento e nem preços confirmados. No entanto, é de se esperar que o Google mantenha a tradição e os anuncie em um evento em outubro deste ano, junto com novidades relacionadas ao sistema Android.