EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Quase um ano depois de lançar o primeiro Razer Phone, a fabricante de periféricos para gamers Razer confirmou que está desenvolvendo a segunda geração do smartphone. Ainda não há informações sobre especificações, mas, em comunicado (PDF), a empresa confirmou que trabalha também para levar seus softwares dos PCs para o mercado mobile.

O primeiro Razer Phone foi lançado em novembro do ano passado e ganhou elogios graças às configurações, encabeçcadas por um Snapdragon 835 e 8 GB de RAM, e também à tela. O display de resolução QuadHD tinha como maior chamariz a taxa de atualização de 120 Hz, que, como nos monitores para computadores, dava mais fluidez para os gráficos dos jogos.

publicidade

O modelo ajudou a impulsionar a receita da Razer no primeiro semestre deste ano. Segundo o comunicado emitido pela marca, sua divisão dedicada a produtos de “próxima geração” cresceu 432,3% em relação aos primeiros seis meses do ano passado — e tudo graças ao smartphone, que nem chegou a ter muitas unidades disponibilizadas.

Ainda que não haja confirmação de nenhuma especificação, rumores iniciados no começo do mês passado apontam para um celular com Snapdragon 855, a próxima geração de chips da Qualcomm. O site GSMArena, citando um veículo chinês, ainda menciona que o anúncio do novo telefone deve acontecer ainda neste ano, em dezembro, na China.