EnglishPortugueseSpanish
publicidade

A tecnologia 5G deve atingir primeiro os smartphones, mas tem potencial para se tornar disponível para uma gama maior de dispositivos. E já há desenvolvedores de olho nas possibilidades: segundo o AnandTech, Intel e Qualcomm apresentaram, durante o Mobile World Congress (MWC) 2019, modems 5G capazes de se conectar a desktops e laptops por meio do soquete M.2.

Acredita-se, entretanto, que esse módulos não podem ser adicionados a qualquer computador como forma de upgrade. Ambos precisam de uma antena 5G externa, que não pode ser simplesmente incorporada a qualquer equipamento. A ideia é que os próprios fabricantes das máquinas incluam a novidade em suas linhas de desktops e notebooks.

publicidade

Ainda não há informações sobre lançamentos ou quais modelos podem vir a adotar a tecnologia. Apesar disso, segundo um porta-voz da Fibocom, que fabrica os módulos para a Intel, os modems 5G da marca para computadores não devem ser incluídos em máquinas antes de 2020.

-> O 5G está chegando: conheça os celulares compatíveis com a nova tecnologia