EnglishPortugueseSpanish
publicidade

O “Spring Cleaning” do Google está chegando e já há um cronograma produtos que serão desativados. A empresa vem, nas últimas semanas, tirando algumas ferramentas do ar e já se prepara para excluir recursos como o Inbox by Gmail, o Google+, o Allo e seu encurtador de URL.

As mudanças devem começar em 12 de março e o primeiro a ser eliminado é Google Allo, o 17° serviço de mensagens da empresa. Ele demorou para ser lançado e quando saiu, em 2016, ganhou muita atenção: tinha recursos bem diferentes de comunicação para a época e foi o primeiro lugar de teste do Google Assistente. O Allo viveu e morreu no tempo do Hangouts e estabeleceu a base do empreendimento do Google no chat RCS. Entretanto, pouco tempo depois, passou a perder usuários.

publicidade

O próximo será o Inbox by Gmail (no fim de março, mas sem data específica), que era uma maneira oficial de acessar endereços do Gmail e organizar as mensagens por tópicos ou data. Lançado em 2014, trouxe adições como pré-visualização de anexos, snoozing, ferramentas de arquivamento e lembretes nos e-mails. Por outro lado, o recurso não conquistou muito o público.

Para encerrar o mês, em 30 de março, será a vez de o encurtador de URL goo.gl dizer adeus. Ele entrou em processo de enceramento em 2018 e tem sido uma alternativa simples e pouco popular há anos. A morte de goo.gl ocorre porque o Google mudou seu foco para o Fire Dynamic Links, uma ferramenta que oferece mais funcionalidade.

Por fim, em 2 de abril, o Google+ encerra suas atividades. A rede social buscou se manter durante anos — e até passou por tentativas de integração com outras plataformas, como o YouTube, e abriu uma seção para os usuários nos comentários —, mas não resistiu.

Fonte: 9to5Google

publicidade