EnglishPortugueseSpanish
publicidade

O setor automobilístico tem ocupado cada vez mais as páginas de tecnologia, e a Olhar Digital não fica de fora disso. Entre as grandes inovações do mercado, veículos conectados vêm conquistando cada vez mais espaço na realidade, e hoje, é muito difícil encontrar alguma marca de renome que não trabalhe com qualquer serviço relacionado.

A Microsoft está ciente desse movimento e quer colocar seu time em campo – e por time entenda-se a Azure, sua plataforma de computação em nuvem. Com ela, a empresa norte-americana vai colaborar no desenvolvimento da Alliance Intelligent Cloud, uma ambiciosa associação que envolve fabricantes de prestígio como Renault, Nissan e Mitsubishi.

publicidade

O acordo entre a Microsoft e o conglomerado tem como objetivo principal assumir o protagonismo, por meio da Azure, em sistemas baseados em inteligência artificial e IoT (internet das coisas). Desta forma, as fabricantes podem implantar atualizações over-the-air (OTA) – ordenadas pelo servidor central sem possibilidade de recusa –, gerar relatórios de operação dos veículos em tempo real ou oferecer algo tão simples quanto upgrades nos sistemas de navegação.

Aposta pela nuvem

Não há dúvidas de que a aliança tem um enorme potencial. As fabricantes esperam contar, no início, com 200 mercados, o que equivale a quase todos os países em que elas se fazem presentes. Os serviços conectados de suas máquinas serão totalmente oferecidos e mantidos pela Microsoft, através dos sistemas na nuvem baseados na Azure.

Por enquanto, ainda se trata de um projeto – e com um longo caminho a percorrer. O automóvel conectado é uma realidade, porém ainda em fase inicial e sem qualquer perspectiva concreta sobre o seu alcance. – ou data para chegar ao grande público. Levemos também em conta que, a princípio, apenas dois modelos das três marcas envolvidas vão apostar no Microsoft Connected Vehicle: o Renault Clio e o Nissan Leaf.

publicidade

Fonte: Xataka Windows