EnglishPortugueseSpanish

Review: LG K12+ é bom? Saiba o que esperar do aparelho de entrada

Redação 28 de março de 2019
publicidade

Um smartphone pensado para o público jovem: o LG K12 Plus é o mais novo integrante da família dos aparelhos intermediários da LG. O modelo traz algumas novidades bem interessantes. A seguir, confira a análise do Olhar Digital!

O LG K12 Plus é ligeiramente maior que o seu antecessor, com um display de 5,7 polegadas e proporção 18:9. Com resolução HD Plus, de 1440 x 720 pixels, as cores do display são bem vivas, porém os vídeos mais escuros podem ter sua visualização prejudicada. Embora a parte traseira do aparelho seja feita de plástico, o smartphone não é nada frágil: conta uma certificação militar de resistência. Para evitar que fique riscado facilmente, o ideal é usar uma capinha. Uma novidade bem-vinda é a adição de um botão físico para acionar o Google Assistente. Diferente de outros aparelhos do mercado que tem este mesmo botão, aqui os acionamentos por acidente quase não ocorrem, um ponto acertado pela LG. O leitor de impressões digitais fica na parte traseira do dispositivo e, tem um bom tempo de resposta.

publicidade

O aparelho vem com um processador octacore Mediatek de 2 gigahertz de velocidade, que, durante os nossos testes, aguentou bem muitas tarefas. Você conseguirá utilizar a maioria dos aplicativos sem problemas, mas a transição de um programa para outro e as animações do sistema podem apresentar pequenos engasgos. O K12 Plus não tem um foco em jogos, mas ainda assim consegue se comportar bem em alguns dos títulos mais jogados, como o Free Fire, por exemplo. Os altos falantes do aparelho produzem um som com volume razoável, mantendo a qualidade. Já o recurso “DTS Surround” só pode ser utilizado com fones de ouvidos.

O LG K12 Plus vem com o Android Oreo 8.1. Um ponto acertado aqui é a interface simples do sistema, que o deixa com uma aparência praticamente pura. Ele vem com alguns aplicativos pré-instalados, mas que não chegam a ser incômodos. Alguns usuários podem estranhar o fato de o sistema não ter uma grade de aplicativos tradicional, mas isso acaba sendo compensado por outras funções, como a de ocultar um aplicativo para escondê-lo de curiosos, por exemplo. A bateria de 3.000 miliampere hora não apresentou desgastes grandes durante os dias em que o aparelho foi testado, mostrando que sistema está bem otimizado e com um baixo consumo. Outro ponto acertado pela LG, foi em permitir o uso de um cartão microSD em conjunto com dois cartões SIM, que podem ser alternados facilmente através de um botão virtual. Já a conexão ao computador utiliza um cabo micro USB.

O aparelho conta com uma câmera traseira de 16 megapixels e uma frontal de 8, ambas com flash LED. A câmera, com Inteligência Artificial, é capaz de reconhecer objetos e cenas em tempo real, e escolher automaticamente o melhor modo de captura. O aplicativo da câmera possui HDR, controle de foco e luminosidade, além dos clássicos filtros e adesivos. Em ambas as câmeras, os resultados das fotos são bacanas, mas deixam um pouco a desejar na nitidez e fidelidade de cores. Já para vídeos o resultado acaba sendo melhor, e eles podem ser gravados com resolução Full HD e a 30 quadros por segundo.

O LG K12 Plus tem especificações bem parecidas com seu antecessor, mas promete uma boa experiência com as inovações no sistema. O aparelho deve aguentar bem as tarefas mais cotidianas de quem não precisa de um smartphone top de linha.

publicidade