EnglishPortugueseSpanish

Projeto de lei quer banir do Brasil games considerados violentos

Redação 2 de abril de 2019

Não é a primeira vez que a ideia de proibir, banir ou limitar a distribuição de games violentos aparece no Brasil. Mas, volta e meia a discussão reaparece. Dessa vez, quem trouxe o assunto à baila foi o deputado federal Júnior Bozzella, do PSL de São Paulo. Ele apresentou um projeto de lei à Câmara que prevê até prisão para quem desenvolver ou disponibilizar jogos considerados violentos. O projeto prevê prisão de 3 a seis meses ou aplicação de multas. O deputado, no entanto, não definiu em seu projeto quais seriam os critérios para que um game fosse considerado violento. O deputado usou o massacre da escola de Suzano para justificar a iniciativa. Agora, o projeto depende do presidente da Câmara, Rodrigo Maia, para ser incluído na pauta de votações.

publicidade