Agora é oficial. O presidente Jair Bolsonaro assinou hoje o decreto que pôs fim ao horário de verão no Brasil. A estratégia de adiantar os relógios em uma hora durante o verão foi adotada em diferentes períodos da história brasileira. A primeira vez foi em 1931. O último ciclo começou em 1985 e se estendeu até o ano passado. Portanto, nesse último ciclo, os brasileiros conviveram com a medida por nada menos que 33 anos. A justificativa do governo é que o horário de verão não fazia mais sentido – já que o pico do consumo de energia elétrica do país hoje acontece por volta das 3 da tarde. Ou seja, pouco adianta ter o dia se estendendo até as 8 da noite, quando a maior parte da energia está sendo consumida no meio da tarde… com a medida, o Brasil se antecipa à Comunidade Europeia. No velho continente, o Parlamento aprovou o fim do horário de verão esse ano. Porém, a medida só valerá a partir de 2021.

publicidade