EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Tradicionalmente, a Apple apresenta as atualizações para o iOS na Worldwide Developers Conference (WWDC). A conferência deste ano começa no dia 3 de junho e promete grandes novidades para os usuários de iPhones, iPads e até Macs. De acordo com reportagem da Bloomberg, serão anunciados um modo escuro oficial no iOS, suporte da AppStore no smartwatch e aplicativos para iPad que rodam em Macs, entre outras novas funcionalidades. 

A ideia da empresa com a nova atualização é conseguir competir em áreas nas quais estava defasada em relação aos concorrentes. Confira abaixo os destaques da atualização: 

publicidade

Novidades no iOS 13: 

  • Modo escuro
  • Aplicativo volta à saúde do usuário: nova página inicial para atividade diária, adição do recurso “saúde auditiva” e “acompanhamento mais abrangente do ciclo menstrual”.
  • Lembretes: nova tela principal com quatro opções padrão: tarefas a serem executadas hoje, tarefas agendadas, tarefas sinalizadas e todas as tarefas. 
  • Google Maps: facilidade em configurar locais frequentes, criar grupos de locais favoritos e em navegar para destinos antigos e sugeridos.
  • iMessage: adição de imagens de perfil e nomes de exibição, além de menu dedicado para o envio de adesivos de Animoji e Memoji.
  • ‘Find my Friends’ e ‘Find My iPhone’: unificação em um único app.
  • iPad: suporte nativo para utilizar iPad como tela secundária do Mac, melhor interface para multitarefa e nova tela inicial

Novidades no watchOS 6:

  • AppStore: baixar aplicativos diretamente do AppleWatch, incluindo Memos de voz, Livros da Apple (para audiobooks) e o aplicativo Calculadora;
  • Novos apps voiltados à saúde: lembrete para tomar pílulas (Dose) e rastreamento de ciclo menstrual (Cycles);
  • Watchface: watchface com números extra-grandes e outras novidades;
Novidades no macOS 10.15:
  • Aplicativos: os apps do iPad estarão disponíveis para o Mac OS – a Bloomberg informou que os desenvolvedores poderão criar um único aplicativo que seja executado em iPhones, iPads e Macs;
  • iPad: aplicativo Podcasts; os aplicativos Find My iPhone e Find My Friends unificados em uma única interface; o Screen Time (app parental que controla o uso do smartphone ou iPad);  atalhos de uso para a Siri; aplicativo “Lembretes”. Todos esses aplicativos, antes exclusividade para o iOS, passam a ser usados também no Mac OS;
  • AppleMusic: app poderia fazer parte do suposto desmembramento do iTunes. 

Fonte: Bloomberg

publicidade