O analista Ming-Chi Kuo, conhecido por informar detalhes sobre lançamentos da Apple antecipadamente, revelou o que seriam os primeiros detalhes do iPhone 11. Como ele tem vários contatos na cadeia de fornecedores da Apple, suas informações quase sempre são precisas.

Segundo Kuo, os próximos celulares levarão um novo número (11) no nome, mas não terão novo design. A marca costuma apresentar novidades na aparência dos celulares a cada dois anos e elas vêm intercaladas por atualizações “S”, com novos recursos e melhorias de desempenho. 

publicidade

Esse não será o caso, mas haverá diferenças. Os iPhones 11 e 11 Max terão grande impacto na parte traseira, que terá um sistema de câmera tripla. Já o 11R — ou qualquer que seja o nome escolhido por Tim Cook — terá câmera traseira dupla contida dentro de uma “proteção”. 

Outra novidade é o botão para ativar o “modo silencioso” na lateral do aparelho. Ele será um pequeno interruptor redondo, como os presentes nos tablets mais recentes da Apple.

Reprodução

Um vídeo publicado no Techy Paradise, no YouTube, fez uma análise sobre o que seria o novo smartphone. Segundo o BGR, no entanto, há erros no conteúdo. O primeiro seria o leitor de digital sob a tela. Segundo o site, ele “definitivamente não está ali”.

Além disso, o vídeo mostra uma área preta em torno da câmera tripla no modelo prata do iPhone 11 (veja na imagem acima). De acordo com Kuo, a série iPhone 11 terá um conjunto de câmeras com correspondência de cores na parte de trás dos dispositivos, como na imagem a seguir.

Reprodução

O vídeo, apesar dos erros, dá uma boa ideia do que pode ser o novo iPhone: