EnglishPortugueseSpanish
publicidade

A Asus anunciou, nesta segunda-feira (27), a sua nova linha de notebooks ZenBook Pro, e ela parece muito melhor que a versão do ano passado – sobretudo no inovador ScreenPad. Essa tela que substituiu o trackpad tradicional recebeu um belo upgrade para se transformar, enfim, naquilo que se espera dela: ser uma segunda tela. Assim, a empresa pretende potencializar o desempenho e as vendas dos produtos de 2019.

De acordo com um review do portal The Verge, o ScreenPad 2.0 no novo ZenBook S funciona muito mais como um smartphone. A Asus reformulou a interface com botões e ícones de menu no estilo Android, e é bem mais fácil alternar para o modo de trackpad normal do que antes.

publicidade

Sam Byford relata que achou a ferramenta bem legal, apesar de ter dúvidas quanto à frequência com que os clientes vão usá-la. Segundo o repórter, o trackpad não falhou em momento algum na sensibilidade ao toque, sendo que, em alguns momentos, a existência do recurso foi verdadeiramente útil. É importante lembrar que ele não deixa de ser um trackpad tradicional como aquele visto na maioria dos laptops Windows. Porém, com muitas mais funções.

A linha ZenBook S deste ano vem com telas de 13, 14 ou 15 polegadas. Todos os modelos possuem processadores Intel Core i7, mas o modelo de 15 polegadas pode ter uma GPU Nvidia GTX 1650 Max-Q, enquanto as versões menores só chegam a um MX250.

Reprodução

A Asus garante que o ScreenPad 2.0 foi reprojetado junto com o software do laptop, atendendo a uma das principais críticas dos consumidores: a vida útil da bateria – a implementação original exigia que a GPU discreta fosse ativada com muito mais frequência. Agora, com o ScreenPad ligado, o notebook oferece 9 horas de duração na bateria, o que representa um desempenho 2,5 vezes maior.

publicidade

O ScreenPad 2.0 também está a caminho da linha VivoBook, a linha de laptop de baixo custo da Asus. Os modelos de 2019 têm opções de 13 e 15 polegadas, com suporte a processadores até o Core i7 e gráficos até MX250. Nenhum preço ou detalhes de disponibilidade para qualquer um desses laptops da Asus foi divulgado, como é típico para os anúncios da empresa na Computex.

Fonte: The Verge