EnglishPortugueseSpanish
publicidade

O sistema de pagamento sem contato Fitbit Pay, está começando a expandir o suporte de pagamento aos meios de transporte nos EUA. A partir de 31 de maio, os usuários da Fitbit – desde que a pulseira fitness esteja habilitada ao Paybit – podem usá-lo para pagar seus passeios em ônibus e trens selecionados no sistema MTA (de transportes metropolitanos) de Nova York. Quando for lançado oficialmente na sexta-feira (31), o piloto de tarifas sem contato da cidade de Nova York terá diversas funções.

A Fitbit Pay estava disponível anteriormente no sistema de CTA de Chicago e, atualmente, é oferecida em Vancouver, Sydney, Londres, Cingapura e Taiwan. O sistema de pagamento, lançado, há dois anos agora está ativo em 42 países.

publicidade

O sistema usa o chip NFC da pulseira para o pagamento. Para começar, as coisas serão limitadas a passes únicos, o que provavelmente é uma oportunidade para muitos locais que contam com passes por dia / semana / mês economizarem um pouco nos preços em constante crescimento da MTA. A entidade planeja adicionar mais opções de percurso e se expandir para todos os ônibus e estações de metrô até 2021.

O programa, chamado One Metro New York (OMNY), estará disponível primeiro nos ônibus que atendem Staten Island e nas linhas de metrô 4,5 e 6 entre a Grand Central em Manhattan e a Atlantic Avenue-Barclays Center, no Brooklyn. Aqueles que não possuem um meio de pagamento sem contato também podem usar aplicativos em seus smartphones para entrar.

Por enquanto, a preocupação agora é com a forma como o novo sistema irá impactar o tráfego de pedestres. As apostas são, em sua maioria, positivas e uma das maiores vantagens é em relação a como esse recurso pode poupar tempo aos passageiros de não ter que procurar por seu Metrocard.

 

publicidade

Via: The Verge