Depois que os Estados Unidos praticamente isolaram a Huawei, a China – através de um comunicado oficial divulgado pelo governo – disse que vai criar uma espécie de “lista negra” de entidade “não confiáveis e que prejudicam os interesses das nacionais”. Ou seja, os chineses pretendem dar o troco para os norte americanos na mesma moeda em mais um capítulo dessa guerra fria tecnológica. Segundo o porta-voz do Ministério do Comércio chinês, a lista vai conter empresas estrangeiras, organizações e indivíduos que não obedecem às regras do mercado, violam contratos, bloqueiam ou cortam ofertas por razões não comerciais ou prejudicam gravemente os interesses legítimos das empresas chinesas. Até onde será que isso vai, hein?! 

publicidade