Júpiter alcançará uma posição diferente na segunda-feira (10). Isso vai marcar o evento anual em que a Terra fica entre o planeta e o Sol. Isso significa que será possível vê-lo no céu durante toda a noite. Será, portanto, um momento particularmente especial para quem deseja olhar para o gigante de gás.

Considerado o rei dos planetas do nosso sistema solar, Júpiter é o quinto mais longe do Sol e tem mais de duas vezes a massa de todos os outros juntos. Regularmente é possível avistá-lo, mas é necessário saber onde e quando procurar.

publicidade

Em um post de “skywatching tips” para junho, a NASA aponta que Júpiter está “maior e mais brilhante neste mês e vai permanecer visível a noite toda”. Além disso, “o maior planeta do sistema solar é uma jóia brilhante a olho nu, mas parece fantástico através de binóculos ou de um pequeno telescópio, que permite localizar suas quatro maiores luas e, talvez, até vislumbrar as nuvens ao seu redor”. 

Outro grande momento para Júpiter é 12 de junho: nesse dia, ele estará mais perto da Terra do que em qualquer outro momento de 2019, de acordo com o Earth Sky. O planeta chegará a 398 milhões de milhas da Terra em razão do fenômeno, que foi chamado pela agência espacial de “uma linda linha no céu”.

Via: BGR