A Xiaomi está de volta ao Brasil, e agora é pra valer. A fabricante chinesa tem uma loja física em São Paulo, uma virtual que envia produtos para todo o país, e oferece smartphones e outros dispositivos eletrônicos para quem estiver interessado.

Lá fora, a Xiaomi é conhecida por conseguir aliar qualidade a preço baixo em seus produtos – celulares da marca contam muitas vezes com recursos e configurações avançados, mas a um preço menor do que o oferecido por outras fabricantes. Mas será que isso se repete no Brasil?

publicidade

O Olhar Digital comparou o preço dos celulares nos canais oficiais da Xiaomi no país com o valor cobrado em outros revendedores não-oficiais – ofertas de produtos em marketplaces de grandes sites de e-commerce e também no Mercado Livre. Como esperado, há uma diferença bem grande entre essas lojas. Confira abaixo:

Consideramos o valor oficial na loja da Xiaomi, assim como o preço mais baixo encontrado. Em alguns casos, as revendas não-oficiais oferecem o produto pela metade do preço oficial – mas é sempre bom lembrar que a compra de produtos por canais alternativos pode causar transtornos para usuários, como falta de garantia em caso de defeito, entre outras coisas.

Redmi Go

  • Na loja oficial: R$ 800
  • Marketplace ou Mercado Livre: R$ 369

Redmi 7

  • Na loja oficial: R$ 1.499
  • Marketplace ou Mercado Livre: R$ 989

Redmi Note 7

  • Na loja oficial: R$ 1.999
  • Marketplace ou Mercado Livre: R$ 1.318

Redmi Note 6 Pro

  • Na loja oficial: R$ 1.999
  • Marketplace ou Mercado Livre: R$ 1.085

Reprodução
Pocophone F1, um dos smartphones vendidos pela Xiaomi no Brasil

Mi 9

  • Na loja oficial: R$ 4.799
  • Marketplace ou Mercado Livre: R$ 3.088

Mi 8 Lite

  • Na loja oficial: R$ 2.999
  • Marketplace ou Mercado Livre: R$ 1.129

Pocophone F1

  • Na loja oficial: R$ 3.299
  • Marketplace ou Mercado Livre: R$ 1.756

A inauguração da loja física da Xiaomi, no Shopping Ibirapuera, na zona sul de São Paulo, atraiu uma multidão. Veja abaixo como foi: