EnglishPortugueseSpanish
publicidade

O Facebook decidiu suspender a conta de Carlos Bolsonaro, vereador do Rio de Janeiro pelo PSL e filho do presidente Jair Bolsonaro. Segundo a rede social, suas publicações haviam ferido os padrões de comunidade, que é o conjunto de normas que devem ser seguidas pelos usuários da plataforma.

Com a suspensão, ele será impedido de fazer novas publicações em sua página por um período de sete dias. Bolsonaro disse, por meio do Twitter, que a sanção veio após a publicação de uma imagem mostrando “um marginal impondo terror à população brasileira”.

publicidade

O que a imagem mostrava era um homem armado. O texto do vereador dizia “Mais um ligeiro serviço de identificação das porcarias que mantêm o cidadão de bem reclusos, sendo assaltados diariamente e assassinados como baratas! Parabéns aos envolvidos! Essa rotina de terror imposta ao brasileiro vai mudar”.

publicidade

O Olhar Digital entrou em contato com o Facebook para saber se a empresa tinha algo a dizer sobre a suspensão da conta de Bolsonaro. O texto será atualizado se houver alguma resposta.