O Spotify adicionou novos recursos às suas assinaturas do Plano Familiar, entre eles um filtro de controle parental e uma playlist personalizada baseada no que a família escuta. Os recursos ficarão disponíveis a partir de hoje (19) na Irlanda e logo devem chegar aos outros países.

A primeira novidade é chamada de “Filtro de Conteúdo Explícito” que, quando ativado, impede que os filhos participantes do Plano Familiar escutem conteúdo marcado com a etiqueta “Explicíto”. A capacidade de ligar e desligar o recurso fica protegida por uma senha.

publicidade

Reprodução

As familias também terão uma playlist compartilhada chamada de “Family Mix”. Ela contará com músicas favoritas de todos os membros da familia, mas o Spotify diz que você poderá “controlar quem está em cada sessão”, o que sugere que a lista de reprodução não ficará dominada pela obssessão por heavy-metal de um dos membros. 

O Plano Familiar do Spotify permite que até seis pessoas compartilhem uma assinatura mensal por R$26,90. Considerando que o plano individual custa R$16,90, a assinatura da familia inteira pode resultar em uma bela economia. No entanto, fora de uma exigência vaga de que todos os membros morem no mesmo local – o que permite que grupos de amigos burlem o conceito – o plano não tinha nenhum recurso realmente projetado para as famílias até agora. 

Fonte: The Verge