Uma equipe de pesquisadores liderada pela astrônoma francesa Anne-Marie Lagrange anunciou a descoberta de um gigantesco planeta “escondido” nas proximidades da estrela Beta Pictoris, a 63 anos luz da Terra.

Batizado de Beta Pictoris c, o planeta é um gigante gasoso com 9 vezes a massa de Jupiter. E foi seu tamanho que possibilitou a descoberta: ele é tão grande que causa perturbações na órbita de sua estrela. Analisando 15 anos de dados coletados por um instrumento chamado High Accuracy Radial Velocity Planet Searcher (HARPS), instalado no observatório de La Silla, no Chile, os pesquisadores puderam determinaram que a causa era um novo planeta.

publicidade

Beta Pictoris c está a 2.7 AU de Beta Pictoris (1 AU é a distância entre a Terra e o Sol). O planeta tem um “irmão maior”, Beta Pictoris b, que também foi descoberto por Lagrange, 11 anos atrás. Trata-se de outro gigante gasoso, com 13 vezes a massa de Júpiter, orbitando a 9 AU de sua estrela.

O sistema Beta Pictoris é de interesse dos astrônomos porque é jovem, em termos cósmicos: tem apenas 23 milhões de anos. A estrela ainda é rodeada por um anel de poeira cósmica, material que ao se acumular dá origem aos planetas. Ou seja, é um sistema solar em formação, o que pode nos dar informações valiosas sobre a origem do nosso sistema solar.

Fonte: CNet