Duas empresas italianas desenvolveram uma máquina de sucos que é capaz de imprimir copos a partir das cascas de laranja. A máquina separa duas metades da laranja, espreme o suco e conduz as cascas por um tubo, onde o resíduo é acumulado na parte inferior da máquina. Chegando lá, as cascas são secas, moídas e misturadas com um ácido polilático, um ácido orgânico de origem biológica que dá origem ao material bioplástico. O material obtido a partir desse processo é aquecido e derretido em um filamento. Ao final desse ciclo uma impressora 3D utiliza este filamento para a impressão dos copos, que podem ser usados logo em seguida pelos consumidores. Batizada de “Feel the Peel”, a máquina mede 3,10 metros de altura e comporta até 1.500 laranjas. O dispositivo é um belo exemplo de economia circular e zero desperdício. O mais interessante e que todo o processo pode ser acompanhado de perto pelos clientes. A máquina está em exposição em um evento na cidade de Rimini, na Itália, e deve ser levada para outras cidades do país ainda este ano. A empresa espera lançar a novidade no mercado em 2020.

publicidade