EnglishPortugueseSpanish
publicidade

A Microsoft publicou nesta terça-feira (24) uma atualização de emergência para o Windows Defender e o Internet Explorer para resolver falhas críticas de segurança.

Nas atualizações, são fechadas portas de entrada para acesso remoto, que poderiam ser usadas por hackers para anular a proteção das máquinas, um risco grande principalmente para computadores em ambientes corporativos, que tenham configuração de privilégios de administrador.

publicidade

Outro problema está no próprio navegador, nas versões 9, 10 e 11 do Internet Explorer. O navegador está vulnerável a uma falha de execução remota, que permite que o usuário assuma à distância os mesmo privilégios de segurança do usuário atingido. Dessa forma, seria possível controlar o computador, instalando aplicativos e até criando novas contas.

De acordo com a própria Microsoft, essa brecha já foi explorada, por isso, a empresa decidiu romper com seu calendário tradicional de updates para liberar as duas atualizações emergenciais. A instalação delas é recomendada a todos que possuem o sistema operacional.

Embora o uso do Intenet Explorer tenha sido desencorajado pela própria Microsoft, ele ainda tem mais de 4% de participação no mercado. O número pode parecer baixo, mas é igual ao do Microsoft Edge e quase o mesmo do Safari.

 

publicidade

Via: Genbeta