EnglishPortugueseSpanish
publicidade

A primeira lista de programação da Apple TV+ estreou com críticas bem negativas. Agora, Kim Rozenfeld, chefe de programação, documentário e conteúdo sem script, deixou a empresa menos de duas semanas após a estreia do serviço. Ele foi um dos primeiros contratados quando a equipe estava sendo montada. Antes disso Rozenfeld era um executivo de longa data da Sony TV.

Ainda não está claro como a saída do executivo impactará as séries originais da Apple. “The Morning Show”, “See”, “Dickison” e “For All Mankind” não foram bem recebidos pela crítica. Alguns críticos classificaram “See” e “For All Mankind” como na média, na melhor das hipóteses.

publicidade

Apesar das avaliações negativas, os programas receberam níveis mais altos de avaliação pela classificação dos fãs. “The Morning Show”, por exemplo, tem pontuação de 92% do público. A com menor avaliação nesse quesito é “See”, estrelada por Jason Momoa, com 88% de aprovação.

Analista do eMarketer, Eric Haggstrom, lembrou que os espectadores vão assistir as séries independente da opinião dos críticos. “Se eles continuam assistindo depois de um mês depende da qualidade”, destacou. Se as críticas negativas vão influenciar a Apple TV ainda não é possível saber, mas todas as quatro séries estão renovadas para a segunda temporada.

publicidade

Via: The Verge