EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Meteoritos que colidiram com a Terra há bilhões de anos continham acúcar, o que reforçou a ideia de que os asteróides podem conter alguns dos elementos da vida terrestre. Essa é a suposição de um grupo de cientistas internacionais, composto por membros da Nasa e de três faculdades do Japão, que encontraram ‘açúcar alienígena’ em meteoritos que caíram em nosso planeta há bilhões de anos.

A teoria defendida pelos pesquisadores sugere que as reações químicas nos asteroides podem ter criado alguns elementos essenciais à vida. Afinal, entre os componentes encontrados no meteorito estão uma série de açúcares biossenciais, como a arabinose, xiose e ribose. Esta última foi a descoberta mais impressionante pois é um componente essencial para a biologia humana e compõe ácido ribonucleico (RNA), uma molécula-mensageira que transmite as orientações do nosso DNA para realizar a síntese de proteínas nas células do corpo.

publicidade

“O açúcar extraterrestre pode ter contribuído para a formação de RNA na Terra prebiótica, o que possivelmente levou à origem da vida“, explicou o pesquisador principal Yoshihiro Furukawa da Universidade de Tohoku (Japão).

A descoberta foi publicada na Academia Nacional de Ciências (PNAS) e, durante o processo, foram analisados os estudos de três meteoritos e os materiais foram extraídos com ácido clorídrico e água, uma técnica diferente daquelas abordadas até então.

“Se correto, o bombardeio de meteoritos na Terra antiga pode ter ajudado na origem da vida com um suprimento de blocos de construção da vida”, explicou a Nasa.

Os cientistas ainda não descartam a possibilidade de os meteoritos terem sido contaminados pela vida na Terra. Porém, as evidências apontam que essa hipótese é algo improvável e assim, a equipe segue investigando outros indícios de que os meteoritos podem ter um papel essencial na formação da vida terrestre.

publicidade

 

Via: CNN e Sputnick News