EnglishPortugueseSpanish

A Xiaomi lançou, em setembro, o Mi 9 Pro 5G com carregamento rápido de 40W e opção sem fio de 30W. Entretanto, a empresa quer expandir a potência de seus produtos. Certificado pela CCC, a gigante chinesa prepara um novo celular com suporte de carregamento de 11V / 6A, que chega a 66W. 

O aparelho não deve fazer parte da linha Redmi K30, considerando que a mesma foi certificada semana passada com carregador de 30W. O produto se encaixa com a coleção Mi Note, levando em conta a pré-existência do Mi Note 10 e sua versão Pro, previstos para o início do ano que vem.

publicidade

Para produzir este tipo de tecnologia de carregamento, a fabricante de celulares entrará em conflito com a Oppo, única empresa que oferece a taxa mais alta do mercado atualmente. O modelo Oppo Reno Ace suporta carregamento de 65W, elevando sua bateria de 4.000 mAh de 0 a 100% em exatamente 28 minutos.

Ainda assim, a proposta da Xiaomi deve ser um grande passo em relação às velocidades atuais de carregamento.